O século XXI tem sido marcado por novas articulações no campo da comunicação, em face da intensificação das mudanças tecnológicas e midiáticas cujo impacto na sociedade e na cultura mundial é enorme, mobilizando populações diversas, locais, regionais, nacionais, transnacionais, diante de cenários cada vez mais dinâmicos e interativos. Diante de tal cenário, o curso de Bacharelado em Imagem e Som visa formar profissionais que atuem no campo audiovisual em várias frentes, desde o desempenho técnico em produções audiovisuais, elaboração e realização de projetos cinematográficos e audiovisuais, bem como a reflexão crítica e teórica acerca das especificidades da linguagem audiovisual em seus inúmeros aspectos: históricos, sociais, artísticos, políticos, econômicos, entre outros.  

A formação teórica e prática do Curso de Bacharelado em Imagem e Som – através de suas disciplinas obrigatórias, eletivas e suas ênfases – está em consonância com Resolução n° 10, de 27 de junho de 2006, que Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação de Cinema e Audiovisual. Assim, tem por objetivo que o egresso esteja habilitado para atuar em áreas práticas (como roteiro, direção, montagem, captação e edição de som, fotografia, animação); na elaboração e realização de produtos audiovisuais variados (com diferentes gêneros e formatos, de acordo com as mídias de veiculação envolvidas); na reflexão teórica e analítica (podendo ser voltada à pesquisa acadêmica em vários eixos como história, crítica, políticas de preservação, elementos estéticos, entre outros) e nos modos específicos de produção e circulação de produtos audiovisuais na sociedade e na cultura (produção, distribuição, exibição, organização de acervos, curadorias de mostras e oficinas, entre outros).

O Projeto Pedagógico do Curso prevê uma formação básica cuja duração será de quatro semestres. Depois disso, o aluno deverá definir, de acordo com seus interesses específicos, disciplinas optativas e duas, dentre as oito ênfases que o curso oferece, a saber: direção, fotografia, som, roteiro, montagem, produção, pesquisa e hipermídia. Pretende-se, com o conjunto das disciplinas oferecidas, uma formação que possibilite a atuação crítica do egresso no seu campo profissional, seja este a grande emissora de televisão, a produtora de publicidade, a internet, a pequena produtora independente, a televisão comercial, a televisão pública, a produção independente de filmes/vídeos de qualquer duração, as salas de exibição, os cineclubes, as empresas produtoras de conteúdo audiovisuais, o ensino, a pesquisa universitária, os centros de preservação como as cinematecas, etc. O teor crítico aqui indicado baseia-se tanto na consciência de que, além da produção hollywoodiana ou da televisão comercial, existem outras formas de expressão audiovisual constituídas ao longo da história, como também pela atenção para com o domínio econômico exercido por grandes grupos no ramo do audiovisual.

Sendo assim, o profissional será capaz de, a partir da sua consciência crítica e capacidade de gestão e técnica, influir na transformação da realidade do panorama audiovisual global com especial interesse pelo Brasil, na perspectiva de reverter desigualdades econômicas e sociais e possibilitar uma produção audiovisual mais democrática, construída como instrumento efetivo de cidadania, com a representação dos vários segmentos de classe, étnicos e regionais da nação, fortalecidos pela ampliação da educação audiovisual e mesmo pelo acesso à realização audiovisual propriamente dita.

Desta forma, o curso de Imagem e Som assume a responsabilidade de integrar uma Universidade ciente de seu papel e deveres sociais, estando atento às realidades da profissão a ser exercida efetivamente por seus egressos, que são formados para estarem dispostos aos desafios do século XXI em termos de produção de um conhecimento criativo e crítico, com uma visão projetiva-reflexiva da sociedade e principalmente do mercado de trabalho.

 

Identidade visual

Manual de Identidade Visual

Marcas Imagem & Som

Vinheta Imagem & Som

 

Perguntas Frequentes

1. O que é IRA? E como é calculado?

IRA significa Índice de Rendimento Acadêmico e é calculado semestralmente no ato da consolidação do período, logo após a digitação de notas, tendo como base o histórico escolar do estudante na UFSCar. Este índice foi adotado para efeito de classificação na concorrência de prioridade na inscrição em disciplinas e para transferências internas.

IRA = [∑(N x Cc)] [ 2 - (∑(2 x Cd) + ∑Cs)]

 ∑Ci ∑Ci ∑Ci

em que:

N = nota;

Cc = créditos cursados;

Ci = créditos inscritos;

Cd = créditos desistentes;

Cs = créditos suspensos ou cancelados.

 

2. Quando e como fico sabendo do resultado das inscrições efetuadas?

É responsabilidade estudante verificar o resultado do deferimento das inscrições divulgado de acordo com as datas estabelecidas no Calendário Acadêmico, disponibilizado na página do ProGradWeb, tanto na primeira fase de inscrições quanto no período de ajuste.

 

3. O que é recurso e quando posso solicitá-lo?

O recurso é um requerimento pelo qual o estudante reivindica uma reconsideração sobre uma decisão ou resultado pelo qual se julga prejudicado.

Por meio de sua argumentação, o estudante deve procurar a Coordenação de seu curso para oficializar sua solicitação de recurso, dentro dos prazos estabelecidos no Calendário Acadêmico.

 

4. Como devo proceder para solicitar revisão de provas?

Dentro do prazo de 10 (dez) dias úteis após a publicação das notas, o estudante deve entrar em contato com o professor que ministra a disciplina e solicitar sua revisão.

Se mesmo após esta revisão ainda houver discordância da nota aplicada, há outras instâncias para recurso, que devem ser consultadas na PORTARIA GR Nº 522/06, de 10 de novembro de 2006 – Sobre a Sistemática de Avaliação Discente.

 

5. Quando e como devo proceder para solicitar equivalência em disciplinas?

Quando ingressar na UFSCar, procure a DiCA (Divisão de Controle Acadêmico) com seu histórico escolar e todo os planos de ensino das disciplinas que pretende solicitar equivalência. Disciplinas cursadas após seu ingresso na UFSCar não terão validade para este procedimento

 

6. Como devo proceder para solicitar exercícios domiciliares?

Dentro de um prazo de 7 (sete) dias úteis, o estudante deve comparecer ou nomear um procurador (intermediário) que o represente junto ao Departamento Ambulatorial Médico-Odontológico (DeAMO) da UFSCar, de posse de atestado médico, para homologação e posterior apresentação à DiCA para oficialização do pedido.

 

7. Quando e como posso transferir-me de curso dentro da UFSCar?

O estudante tem direito a uma única transferência dentro da UFSCar, somente após ter cursado o primeiro semestre de seu curso de ingresso, obedecendo aos requisitos publicados no Regulamento de Transferência em vigor. As transferências internas são realizadas uma única vez a cada semestre e podem ser solicitadas diretamente pelo sistema ProGradWeb. No curso de Imagem e Som poderá ser solicitada transferência , apenas,  para o curso de Música

 

8. Quando e como deixo de ter vínculo com a UFSCar?

Quando não é realizada a renovação de matrícula, na primeira fase de inscrição em disciplinas;

Quando não houver aprovação em, no mínimo, 4 (quatro) créditos, no semestre de ingresso do estudante na UFSCar;

Quando não são cursados e somados 8 (oito) créditos aprovados a cada 2 semestres consecutivos;

 

9. Qual a diferença entre TRANCAMENTO de matrícula, CANCELAMENTO de disciplinas e CANCELAMENTO de curso?

Trancamento de Matrícula: É semestral e tem a interrupção temporária no curso solicitada pelo próprio estudante antes de decorrido 50% do andamento do período letivo em curso, sendo permitidos 2 (dois) cancelamentos consecutivos ou 3 (três) intercalados, sendo obrigatória a renovação da matrícula na primeira fase de inscrição de disciplinas em cada semestre letivo, no site do ProGradWeb.

Cancelamento de Disciplinas: O estudante pode cancelar uma ou mais inscrições realizadas em disciplinas, mas não todas, antes de decorrido 50% do período letivo em curso.

Cancelamento de Curso: Pode ser solicitado a qualquer momento, desde que o estudante tenha convicção e ciência de que o cancelamento de curso é a interrupção definitiva de seu curso na UFSCar, podendo retornar apenas após aprovação em outro Processo Seletivo.

 

Todas as solicitações citadas acima são de caráter irrevogável!